Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2017 03 Secretaria do Planejamento promove integração entre bibliotecários do Estado
15/03/2017 - 14h00m

Secretaria do Planejamento promove integração entre bibliotecários do Estado

Profissionais da área se reuniram para trocar conhecimentos, estreitar laços e formar parcerias em prol do conhecimento

Secretaria do Planejamento promove integração entre bibliotecários do Estado

Encontro promoveu a troca de conhecimentos e experiência entre os profissionais da área

Texto de Minne Santos

Integrar e unir forças para promover, ainda mais, o conhecimento. Foi com esses intuitos que a Escola de Governo de Alagoas (Egal), vinculada à Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), reuniu diversos bibliotecários alagoanos, na manhã desta quarta-feira (15), em um encontro que, dentre outras coisas, promete fomentar parcerias e troca de experiências em prol da difusão da leitura.

A iniciativa, segundo a supervisora da Biblioteca Luiz Sávio de Almeida, Gorileide Pereira, fez parte das comemorações referentes ao Dia Internacional do Bibliotecário, celebrado no dia 12 de março. De acordo com ela, o momento é essencial para que haja um desenvolvimento e propagação cada vez maiores dos acervos disponíveis em Alagoas.

“Nós fazemos um papel social, somos multiplicadores do conhecimento. É imprescindível que possamos contar uns com os outros para pensar em diferentes práticas e métodos que auxiliem os alagoanos no caminho da leitura e, também, da pesquisa. Nossa proposta é agregar e fazer ainda mais por Alagoas”, afirmou a bibliotecária da Seplag.  

Mira Dantas, responsável pela Biblioteca Pública Estadual Graciliano Ramos, também esteve presente no encontro, onde ressaltou a importância do Governo na difusão do conhecimento e na valorização do bibliotecário.

“O livro é um grande embasador teórico, que pode trazer muitas facilidades dentro de organizações e do próprio Governo, é o ponto de partida, o início de tudo. Então, em relação à leitura, o papel do Estado é quase que de um pai, que estimula e fomenta a construção de saberes por meio do próprio conhecimento, visando o crescimento de cada cidadão. Nesse contexto, por tabela, o bibliotecário tem um desempenho indispensável: ele é o profissional capacitado para orientar, desenvolver ambientes propícios para a leitura e pensar na transformação social por meio dessa prática”, explicou Mira.

 A expectativa, de acordo com a equipe da Escola de Governo, é que novos encontros do tipo aconteçam ao longo do ano. 

Ações do documento